Imagem de destaque do post Como escolher a gramatura de papel para material impresso? Imagem de destaque do post Como escolher a gramatura de papel para material impresso?

Como escolher a gramatura de papel para material impresso?

“Gramatura” é uma palavra frequente no universo gráfico. Saiba do que se trata o termo e como escolher a melhor opção para a sua impressão!

Categorias:
https://res.cloudinary.com/printstore/image/upload/v1625753590/favicon_zx0zfp.svg
Printstore

Quem costuma utilizar serviços gráficos deve ter ouvido falar em gramatura de papel, ao menos uma vez, e pode ter ficado em dúvida sobre do que se tratava.

Ao receber um orçamento de material gráfico com especificações do papel e outras características, é importante ter alguns conhecimentos sobre o assunto para ter certeza a respeito de qual é a melhor escolha para a impressão do seu material.

Esse é um elemento que tem muita influência no resultado final de qualquer material impresso, o que significa que conhecer algumas das suas variações e características ajuda na hora de fazer o seu pedido à gráfica.

Saiba como escolher a gramatura de papel para materiais impressos neste post!

Afinal, o que é gramatura de papel?

Gramatura de papel é o valor da massa pela área de um papel, ou seja, a medida da densidade e peso do papel, expressa em gramas por metro quadrado (g/m2).

Para identificar a gramatura de papel, utiliza-se uma balança de precisão, que indica o peso do papel por metro quadrado. As especificações foram padronizadas pela norma ISO 536, e quanto maior for o valor, mais grosso será o papel.

É importante lembrar que o termo não equivale ao mesmo que a espessura. A espessura é a distância entre duas faces de um papel e pode variar de acordo com cada marca, pois depende da compactação das fibras das folhas.

Por meio dessas medidas, é possível identificar a qualidade e a densidade do papel, e através desse entendimento, compreender qual o papel será ideal para tornar físico um trabalho virtual.

A escolha correta do papel é fundamental para se obter um resultado satisfatório em todos os tipos de impressão.

Quais são as gramaturas de papel existentes os materiais recomendados para cada medida

35g/m² a 55g/m²  – Essas medidas referem-se a papéis mais finos e geralmente são utilizados para impressão de jornais e bobinas para máquinas de cartão;

63g/m²  – A alternativa ideal para a impressão de blocos de orçamento e notas fiscais;

75g/m²  a 80g/m²  – Apostilas, livros, panfletos, papéis timbrados e receituários podem ser impressos com essa faixa;

90g/m²  a 115g/m² – Um pouco mais grossa em relação às anteriores, essa alternativa refere-se às populares folhas A4, comumente utilizadas em escritórios e escolas, pois possuem um baixo custo de impressão. Essa é a escolha ideal para cartazes, panfletos e folhetos.

120g/m² – Essa opção é ideal para impressão de sketchbook, livros coloridos, catálogos de produtos.

150g/m² – Normalmente é escolhida para impressão de flyers, folders e capas de revista que buscam maior qualidade e resistência.

180g/m² – Esse padrão é adotado na impressão cartazes, anúncios.

210/m² a 300g/m² – Normalmente, essa faixa é utilizada para a impressão de materiais que demandam maior qualidade, resistência e durabilidade, como convites, cartões de visita, calendários e outros que exijam uma bela apresentação.

Acima de 300g/m² – A produção de materiais acima de 300g/m² é mais rara, mas são indicados para pintura aquarela ou para a fabricação de capas dos mais variados tipos, desde aquelas destinadas a materiais de escritório, como agendas, até as capas de livros.

Esses são os itens e finalidades mais comuns para cada tipo de gramatura, porém não existe uma regra para a escolha, pois dependerá da necessidade e escolha pessoal de cada um durante um processo criativo.

Conheça os tipos de papéis mais comuns e suas gramaturas

Diferentes tipos de papel são fabricados em gramaturas variadas e também é importante conhecer algumas dessas categorias para escolher bem o material utilizado na impressão do seu projeto gráfico.

  • Couché: disponível em uma faixa bem variada, começando com as mais baixas, de 45 g/m², mas chegando até as mais altas, de até 350 g/m²,
  • Offset: bastante utilizado para a produção do miolo de livros, cadernos, agendas e vários outros itens. Disponível a partir de 75g/m², podendo chegar até 240/m²,
  • Vegetal: fabricado em versões de 120g/m² a 240g/m², sendo uma opção resistente, mas ainda maleável,
  • Sulfite: tem aplicações bastante similares às do papel offset, sendo bastante comum no dia a dia escolar, mas é produzido na faixa de 75g/m² a 120g/m²,
  • Kraft: outra opção para quem precisa de papéis mais leves, pois é fabricado a partir de 45g/m², chegando a até 120g/m²,
  • Vergé: disponível desde 75g/m² até 240g/m²,
  • Supremo: muito utilizado para impressões de alta qualidade que precisem de materiais com ótima resistência e durabilidade, esse é um papel mais pesado, disponível em 250g/m² a 350g/m²,
  • Cartolina: apesar de ser conhecido como um material de alta resistência, sua gramatura é menor que a do papel supremo e chega a até 240g/m².

Como descobrir a gramatura de um papel

Nos locais especializados nesse tipo de serviço, o papel é pesado com balanças específicas para essa finalidade, que permitem chegar ao valor exato com mais rapidez.

Ainda assim, mesmo quem não tem esse recurso também pode descobrir o valor utilizando uma balança digital, que é um item mais comum e demanda apenas alguns cálculos para chegar ao resultado correto.

Como você viu anteriormente, o valor da gramatura é registrado em g/m², o que significa que é preciso considerar tanto o peso do material quanto a sua dimensão.

Assim, o primeiro passo é depositar o papel sobre a balança e anotar o resultado dado pelo aparelho. Em seguida, meça a largura do papel e a sua altura. Depois, multiplique um valor pelo outro para ter a área total da folha.

Tendo esses dois resultados em mãos, divida o peso pela área e multiplique o resultado por 1000, para converter o peso de kg/cm² para g/cm². Por fim, faça uma última conta e multiplique o resultado anterior por 10000, para converter o peso de g/cm² para g/m².

Esse é um processo importante para garantir um bom resultado para o seu material impresso. No entanto, tão importante quanto escolher um papel de qualidade e acertar na gramatura é encontrar uma gráfica de confiança para cuidar da impressão.

Agora que você já sabe como escolher o melhor papel para seu material gráfico, entre em contato com a PrintStore e conheça nossos serviços de impressão digital.

Leia também

Thumbnail do post Como registrar os direitos autorais do seu livro?

Como registrar os direitos autorais do seu livro?

Quer algumas dicas práticas para registrar os direitos autorais do seu livro e garantir a proteção da sua obra? Confira aqui.

Gestão de editoras Mercado
Thumbnail do post Como publicar o seu livro: passo a passo completo

Como publicar o seu livro: passo a passo completo

Você tem o dom de criar histórias contadas através das palavras e deseja saber como publicar um livro? Então confira este artigo!

Impressão digital sob demanda Gestão de editoras Inspiration Mercado Soluções
Thumbnail do post Impressão de livros sob demanda: conheça as vantagens

Impressão de livros sob demanda: conheça as vantagens

Entenda qual é o conceito de impressão de livros sob demanda e quais os benefícios que essa solução pode oferecer as editoras de livros e para o mercado editorial

Impressão digital sob demanda Gestão de editoras Mercado Soluções